• História de superação

    Juiz que se tornou um exemplo de superação

    juiz-pena-de-morte-

     

    Theodomiro Romeiro dos Santos é um ex – metalúrgico que foi condenado a morte na ditadura que se tornou um Juiz com uma história de superação

    Ex-militante do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário e, em 1970, foi capturado pelos militares. Na tentativa de fuga, atirou e acabou matando um sargento da Aeronáutica.

    Com apenas 18 anos, ele foi condenado à pena de morte, com base na Lei de Segurança Nacional, sendo o primeiro brasileiro a receber esse tipo de sentença desde a proclamação da república. A última execução do tipo havia sido registrada em 1876. Atualmente, a pena capital ainda é prevista na Constituição brasileira, mas somente para crimes militares cometidos em tempos de guerra.

    Com forte manifestação contra a medida, a pena se converteu em prisão perpétua e, posteriormente, a 16 anos de cadeia. Em 1979 ele conseguiu fugir e foi se exilar na França, onde trabalhou como metalúrgico e pintor de parede.

    De volta ao Brasil, fez concurso público para juiz de trabalho e tomou posse em 1993. Chegou a presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho e aposentou-se em 2012 – por decisão da Comissão da Anistia, os nove anos que passou preso foram contabilizados como tempo de serviço para fins previdenciários. Santos nunca pediu indenização pelo tempo em que passou na prisão e pela tortura que sofreu.

    www.examedesuficiencia.com 

    Publicado por:
  • Coaching

    4 técnicas de coaching para você se sentir mais realizado e feliz

    Feliz-1000x620

    O término de um período, no qual várias conquistas foram alcançadas, é muito importante para que o indivíduo reconheça tudo o que foi alcançado e sinta a sensação de prazer. Sabendo disso separamos algumas técnicas de coaching para você se lembrar: das suas realizações, as dificuldades superadas, e as relações de amizades e afetivas construídas. Parar, refletir e listar tudo o que já foi conquistado, gera um grande sentimento de felicidade, alegria e gratidão. É dessa forma que nós queremos que você se sinta sempre.

    Técnicas de coaching que fazem você se sentir bem

    1- Identifique as coisas que fazem você feliz em sua vida

    Analise quais eventos, pessoas, acontecimentos te trazem o sentimento de felicidade e faz você sentir realizado em sua vida.

    2- O que faz você se sentir motivado

    Seja sincero consigo mesmo e descubra o que te inspira a realizar mais, a comprometer-se com novos desafios.

    3- Verifique o que te deixa orgulhoso na vida

    Você já parou para pensar o que te dá orgulho e o que esse sentimento de missão cumprida te traz? Então pare e reflita em tudo que você já fez que proporcionou essa sensação. Continuar lendo

    Publicado por:
  • Notícias do CRC

    2º Exame de Suficiência: inscrições terminam no dia 9

    40582_0_md

    Brasília – Os bacharéis em Ciências Contábeis têm até a próxima quinta-feira (9) para se inscreverem na segunda edição de 2015 do Exame de Suficiência. O edital foi publicado no dia 1º de junho no Diário Oficial da União (DOU) – Seção 3, página 160. A aplicação das provas no dia 20 de setembro, das 9h30 às 13h30, horário de Brasília (DF).

    As inscrições poderão ser feitas somente nos sites da Fundação Brasileira de Contabilidade (www.fbc.org.br) e ou do CFC (www.cfc.org.br). A taxa de inscrição será de R$100,00, devendo ser recolhida em guia própria, em favor da Fundação.

    Os candidatos que tiverem respaldo na legislação específica, conforme previsto no item 3 do edital, poderão pedir isenção da taxa, no ato de inscrição, por meio do sistema eletrônico, somente no período de 10 a 12 de junho.

    O Exame de Suficiência é um dos requisitos para a obtenção de registro profissional em Conselho Regional de Contabilidade, conforme estabelecido pela Lei nº 12.249/2010, com regulamentação da Resolução CFC  nº 1.486/15.

    De acordo com edital nº 02/2015, somente poderá se inscrever para a prova de Bacharel em Ciências Contábeis o candidato que esteja cursando o último ano do curso ou que tenha efetivamente concluído a graduação em Ciências Contábeis.

    Fonte: NoticiasCFC

    Preparatório: www.examedesuficiencia.com

     

    Publicado por:
  • Antônia Marina Faleiros História de superação

    Ex-cortadora de cana – Exemplo de superação

    Dra-Antonia-Marina-Faleiros

    Antõnia Marina Faleiros é uma ex-cortadora de cana que se tornou um exemplo de superação.

    Moradora da cidade de Itabuna onde atua como juiza, mas passou sua infância no interior de Minas Gerais, em uma pequena cidade chamada Serra Azul , numa família de lavradores e trabalhadores braçais. Ela só foi conhecer a luz elétrica quando se mudou para Belo Horizonte, aos 17 anos, em busca de emprego e mais oportunidades de estudo.

    Após se mudar, conseguiu uma vaga de empregada doméstica. Durante meses, dormiu num ponto de ônibus por não ter onde morar. Ao procurar um curso preparatório para concursos e se ver impossibilitada de pagar a cara mensalidade, percebeu que algumas apostilas do curso, impressas naquela época em mimeógrafo, eram descartadas no lixo. Foi com essas apostilas descartadas que Antônia estudou, fez o concurso e foi aprovada como oficial de justiça. Começava assim sua vida profissional junto ao poder judiciário.

    A história de Antônia foi enredo para a série “A Origem da Inspiração”, que é composta por cinco curtas com dois minutos de duração cada. Os vídeos mostram histórias de superação e inspiração, servindo de lição a todos que encontram empecilhos para que tomem o destino em suas mãos.

    www.examedesuficiencia.com

    Publicado por:
  • Dicas de estudo

    Os três jeitos de ver o problema

    marco-1

     

    Conforme a Programação Neurolinguística, uma das vertentes do Coaching, nós podemos observar uma situação – um bate-boca, por exemplo – de três pontos de vista.

    O primeiro é o da própria pessoa – como eu encaro o problema.

    O segundo é o do outro – como a outra pessoa vê a questão.

    O terceiro é o de alguém que observa de fora – se eu não estivesse envolvido, como me posicionaria frente à discussão.

    Olhar para as situações do dia a dia a partir desses três ângulos não só amplia nosso entendimento mas evita o perigo de ter um ponto de vista só, porque cada um deles tem prós e contras.

    Ver as coisas apenas do meu ponto de vista garante que eu seja autêntico e não “coma na mão” dos outros, mas pode tornar-me egoísta e cego para tudo o que não for o meu umbigo. Continuar lendo

    Publicado por:
  • Superação

    Ex flanelinha e vendedor de bananas

    Edilson-Enedino--1038x576

    Juíz que é exemplo de superação!

    O Juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, Edilson Enedino das Chagas, começou a trabalhar com 8 anos de idade vendendo banana para ajudar sua mãe. Desde então, ele já foi vendedor de picolés, flanelinha, jornaleiro, ajudante de obras e faxineiro.

    Nascido em 1970, o atual magistrado era filho de um tratorista e uma dona de casa. Ele, os pais e mais quatro irmãos dividiam um cômodo que conseguiram comprar através de um programa habitacional. Quando tinha quase dois anos de idade, seu pai morreu e deixou a família que se virou com um salário mínimo por mês para sobreviver. Sem dinheiro para comer, eles dependiam de doações do governo para conseguirem se alimentar.

    Era preciso ajudar buscar o sustento e, aos oito anos, Edilson começou fazer sua parte vendendo bananas. Aos nove, passa a vender picolés e, aos dez, torna-se jornaleiro. Aos doze anos vai trabalhar como flanelinha e, aos catorze, como auxiliar gráfico.

    Em 1991 ele foi aprovado como faxineiro de uma empresa terceirizada que prestava serviços para o Tribunal Superior do Trabalho. Com a aproximação com o direito, Chargas prestou vestibular em uma universidade particular e foi aprovado.

    Depois de formado, ele passou três meses, sem parar de trabalhar, dedicando-se à preparação para a prova. Eram 900 inscritos para 38 vagas e, mesmo Chargas não parando suas outras funções, conseguiu ser aprovado em 1º lugar.

    Depois de assumir a vaga, passou a dar aulas e concluiu seu mestrado. Atualmente, ele cursa seu doutorado e sonha com uma vaga no Supremo Tribunal Federal

    www.examedesuficiencia.com

    Publicado por:
  • Sem categoria

    Autoconhecimento: a chave da prosperidade

    blog-2606-1

     

    Quando falamos em prosperidade, a primeira coisa que nos vem à mente é o bem-estar material, tendo como base o sucesso profissional e, como consequência, o financeiro. Infelizmente ainda há quem deixe de lado essa ordem para admirar apenas o sucesso financeiro, independentemente por quais meios foi alcançado.

    Porém, a prosperidade engloba muito mais do que isso.

    Uma pessoa próspera de fato é, primeiramente, conhecedora de si e, sendo assim, é uma pessoa que busca aprimoramento e aperfeiçoamento por meio de caminhos que levem equilíbrio entre a mente, o espírito e o corpo.

    Nesse percurso está incluso o contentamento material, saber ganhar o próprio sustento e manter uma qualidade de vida digna. No entanto, nem todos conseguem nadar em águas calmas quando o assunto é dinheiro. Manter a estabilidade mínima financeira é essencial, mas, para muitos, essa harmonização é complicada.

    A meu ver, não há prosperidade real sem autoconhecimento.

    Podemos segmentar, é verdade, e dizer que um indivíduo é próspero porque tem riqueza material, todavia, esta é uma forma incompleta de riqueza e de prosperidade. Ao segmentarmos, fazemos um caminho inverso ao progresso. Caminho este já trilhado lá atrás, quando, por ignorância, separavam mente e corpo. Hoje, já se sabe o quanto o estado mental interfere na saúde física.

    Quanto maior o conhecimento de si mesmo, mais fácil enxergar e saber, por exemplo, aproveitar nossas forças e minimizar as fraquezas, realizar mais por nós mesmos, pela nossa família e pela sociedade em que vivemos. Continuar lendo

    Publicado por:
  • 2º Exame de Suficiência: Inscrições até o dia 9 de julho.

     

    Brasília –  As inscrições para a segunda edição de 2015 do Exame de Suficiência começaram no dia 10 de junho  e iram terminar no dia 9 de julho. Bacharéis em Ciências Contábeis e estudantes que estejam no último ano do curso podem participar do certame.

    O Exame de Suficiência é indispensável para obtenção do registro profissional e foi instituído em 2010 com o objetivo de garantir o nivelamento e a qualidade dos serviços contábeis oferecidos no País.

    A prova ocorrerá no dia 20 de setembro e abordará temas relativos à Contabilidade Geral, Contabilidade de Custos, Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Contabilidade Gerencial, Controladoria, Teoria da Contabilidade, Legislação e Ética Profissional, Princípios de Contabilidade e Normas Brasileiras de Contabilidade, Auditoria Contábil, Perícia Contábil, Noções de Direito, Matemática Financeira e Estatística e Língua Portuguesa. Serão aprovados os examinandos que acertarem, no mínimo, 50% da prova.

     

    Acesse nosso site, adquira o seu preparatório, e garanta a sua aprovação.

    Preparatório: http://bit.ly/TpXT92

     

    Publicado por:
  • Dois passos para o SUCESSO.

    Planejamento financeiro: a ação que comanda as outras
    A gestão empresarial será a fonte que distribuirá os recursos nos demais setores da empresa. Isso garante o bom funcionamento do negócio, além de INVESTIMENTOS nas áreas que merecem atenção como marketing e toda a parte financeira.

    O controle do fluxo de caixa, ou seja, de todo o dinheiro, é extremamente crucial para garantir que a gestão empresarial seja executada. Portanto, sem planejamento financeiro e controle dos ganhos e despesas, um negócio não consegue ser lucrativo.

    O planejamento e o controle financeiro não são tarefas que exigem altos gastos da sua micro ou pequena empresa. Muitas vezes, uma consultoria cara ou até uma equipe grande de administradores não são necessidades reais. Existem sistemas criados para ajudar o empreendedor a ter uma visão ampla e precisa do negócio. Dessa forma, ele visualiza cada gasto de forma detalhada, a receita total e os lucros líquidos. Gerir as finanças do negócio informalmente, sem qualquer tecnologia, não é aceitável depois de ferramentas de gestão bastante simples e com alto custo benefício. Continuar lendo

    Publicado por: